202016Set

Santa Casa Challenge (Santa Casa da Misericórdia de Lisboa)

No âmbito do desafio lançado pela realização, em Lisboa do evento Web Summit 2016, no próximo mês de novembro, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), lança um concurso de inovação social digital designado “Santa Casa Challenge”.

O desenvolvimento tecnológico nas áreas de intervenção da SCML é um processo em curso nesta instituição secular, e que conduzirá a ganhos relevantes na prossecução dos seus fins. Importa, por isso, estimular o empreendedorismo social de base tecnológica e valorizar o potencial da inovação social, para dar resposta aos atuais desafios societais, bem como criar oportunidades para aproximar os empreendedores e as startups sociais dos grandes fóruns especializados como é o Web Summit.

Este é um concurso de inovação social digital, que porque pretende associar as novas tecnologias ao desenvolvimento social e bem-estar da população. A inovação social digital é um processo criativo e colaborativo, em que especialistas de diferentes áreas, utilizadores e comunidades, participam no desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras para responder a problemas e necessidades sociais, explorando os efeitos das tecnologias da informação e comunicação e o potencial de trabalho em rede da Internet.

O concurso procura soluções tecnológicas inovadoras para desafios (problemas/necessidades) nas seguintes áreas de intervenção da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa:

Estas soluções devem originar dispositivos, aplicativos, conteúdos digitais, serviços web ou de comunicação, com aplicabilidade nas referidas áreas de intervenção e podem resultar de novas ideias ou da aplicação de ideias já existentes. Estes produtos e serviços tecnológicos podem já estar desenvolvidos ou em fase de desenvolvimento mas não podem ter sido comercializados ou estarem disponíveis no mercado.

Podem candidatar-se ao concurso “Santa Casa Challenge” empreendedores, individualmente ou em equipa, entidades coletivas sem fins lucrativos e empresas constituídas há menos de 3 anos (startups). Cada equipa pode incluir, no máximo, 4 elementos.

Às soluções tecnológicas inovadoras com maior pontuação é atribuído um prémio pecuniário no valor de 2.500 € (dois mil e quinhentos euros), em cada uma das 4 áreas de intervenção da Santa Casa.


Mais informações em http://santacasachallenge.com/